Há muito tempo a Astral acompanha com preocupação os equipamentos urbanos, sobretudo caixas de areia utilizadas para desenvolvimento psicomotor, emocional e social de crianças como exemplo, ou ainda utilizados para fins de práticas esportivas, dentre outros.

Somos sabedores do risco de contaminação de crianças e demais pessoas que frequentam estas caixas de areia por inúmeras doenças tais como: toxoplasmose, leptospirose, hantavírus, com presença de larva migrans cutânea e visceral (parasita também chamado de bicho geográfico), vermes, micoses, etc... portanto, buscando também oferecer esta prestação de serviços aos nossos clientes, desenvolvemos uma metodologia para este tratamento em caixas de areia com produtos específicos, além de análise do ambiente tratado e emissão de relatórios com informações com características preventivas e corretivas aos nossos clientes, evitando contaminação futura destes locais.